Imagine…

Today I leave some photos and I would like that your imagination flow…

What did you see? Leave reality and inspire criativity.

1

20190117_150702

20191009_162059

20190331_112003

When I see this kind of patterns and things, my imagination under…

Did it happen to you to?

 

– Irina Marques


All photographys and paintings by Irina Marques.

 

23 thoughts on “Imagine…

  1. My mind started to imagine a short film 🙂 it’s fun how the potato looks like a man ahah are you from Portugal? regards from Lisbon, PedroL

    1. Olá Pedro. Sim, sou de Portugal.
      Estes “exercicios” imaginativos são fantásticos, fazem-nos ir mais além, enganar um pouco a mente, criar histórias…
      Confesso que batata também me parece uma pessoa 🙂
      Um abraço daqui do Porto.

      1. Prazer em conhecer-te Irina 🙂 sim, este tipo de exercícios são óptimos para desbloquear e começar a criar, quer seja escrever, desenhar, filmar 🙂

        Que porreiro, eu sou de Lisboa mas até fins de Março passei uns 6 ou 7 meses no Porto a fazer uma pos graduação e aproveitar para viajar e conhecer o norte de Portugal e Espanha 🙂 tanta coisa interessante de se ver 🙂

        Boa semana!
        PedroL

      2. Prazer PedroL.
        Sim, o mundo é cheio de maravilhas e curiosidades interessantíssimas. Temos um pais tão pequeno, porém, tão belo, cheio de encantos e belezas naturais. Onde podemos usufruir de tanto, e sim, a imaginação ajuda a fluir e a dar mais um pouco de encanto às coisas, dá-lhes arte 😉
        Uma boa semana para ti também.

  2. You really took me to far places…
    And the potato… Makes me under if it’s a person.

    Love this kind of posts, it’s a lovely way to start the day.
    Thank you.

    1. It’s so wonderfull to let imagination take us to far places isn’t it?

      Ahaha… The potato yes, to me looks the same. 😀

      Thank you for your kind words Nelson.

  3. Estes são FANTÁSTICOS !!! Ame-os, Irina … eles me acalmam. Minha imaginação realmente não tenta ver nada … eles simplesmente me levam embora. Poderia encará-los para sempre. E o gengibre? !!! Isso é hilário!!! Eu quero que ele seja meu novo melhor amigo! Vou chamá-lo de Rico! Han Obrigado por tudo isso! Saúde e abraços enormes! 🤗❤️🤗

    1. Rico, porque não? Parece-me um bom nome. Sabe o que é mais interessante? Com o seu acrescento veio logo uma história à minha cabeça.
      A imaginação é fantástica, quando tem asas, voa bem alto com qualquer pequeno acrescento de detalhe.
      Obrigada Katy, já me pôs a viajar 🙂
      Um abraço grande.

  4. Oh! Um verdadeiro teste de Rorschach! Adorei as imagens, dá para retomar o exercício infantil de ver objetos nas nuvens… Será que dá também para recuperar o criatividade que tínhamos quando criança? Acho que sim. Sabe, a arte de forma geral me faz sentir mais jovem, mais leve… Hoje, especialmente, é um dia que pede mais arte! Obrigada! ❤

    1. Não tinha associado o teste de Rorschach, bem visto! 🙂
      Mas sim, é ir buscar um pouco da “criança” que há em nós. Gosto muito de fazer este tipo de exercícios para tentar visualizar novas coisas, novas perspectivas, ter novas ideias.
      Concordo plenamente com a Bia, hoje e cada vez mais se pede mais arte, abertura de novas portas, novos diálogos.
      Eu é que agradeço, um abraço.

  5. Gosto de fechar os olhos e reproduzir o que fixei ao olhar e depois deixar que a mente penetre nos labirintos do abstrato “real” e então os sentidos “falarem”. Em geral associo tudo à música, a sonoridade do cotidiano, aos ruídos dos meus passos. A imaginação viaja e encontra refúgio na própria imaginação. Post maravilhoso e me fez sair do confinamento rumo a liberdade de pensamento. O meu abraço carinhoso, Irina e muito obrigado.

    1. Juntar um pouco de musicalidade, porque não? Parece-me uma excelente ideia, imaginar ao som de musica, da melodia, do ritmo, do som. Ele marca tanto a nossa vida, a pulsação.
      Muito obrigado por sua visão, é um grande acrescento a esta imaginação 🙂
      Um abraço carinhoso também para si Fernando e tenha um dia feliz.

  6. #1: cream in a VERY turbulent cup of coffee

    #2: a witch’s face outlined in white in the top-right quarter

    #3: a fist grasping a baguette

    #4: a ginger man

  7. Muy ineresante Irina…es cierto que hay que dejar que la imaginacion se de gusto y que viaje a sus anchas…muy buenas las fotos que has utilizado…especialmente la del gengibre, raiz que es muy especial. Un abrazo mi querida amiga,
    Francisco

      1. El viaje de la imaginación siempre suele ser algo onírico y maravilloso…bon voyage Irina 😊🌷

  8. Em algumas vejo paz tranquilidade e a outra eu vejo a ordem perdendo espaço para caos minha imaginação vai longe Irina. lindos.

Comments are closed.