Leveza no horizonte (republicação)

sky

 

Luminosidade mágica no ar,

o tom de amarelo quer-me falar,

aconchega e diz baixinho 

que tem algo para me contar.

 

Segreda que há um sol a raiar,

e, sem grandes, distúrbios,

começa, levemente, a subir,

até para cima do horizonte chegar.

 

Já no horizonte as cores são outras,

um azul celestes e marítimo,

combatem docemente pelo espaço,

formam um laço em linhas de miragem,

em qualquer margem.

 

E os brancos transformam-se,

em formações de algodão,

ou, pairam num outro plano,

como espuma de sabão.

 

E então abrem-se cordilheiras de volumes,

em tons de imaginação,

por onde admiramos e observamos,

qualquer formação, faz parte da criação.

 

(Publicado em blogue anteriormente a 25.09.2019)

Advertisement

9 thoughts on “Leveza no horizonte (republicação)

  1. Irina, desculpa, não sei se foi nesse espaço ou no outro q vc disse q está estudando filosofia. O q ou quem especificamente. Podes me dizer por mensagem, se não for aqui. Ou não responder tb.
    Abraço.

Comments are closed.