Ela (parte II)

Aos poucos as cores cinzas foram preenchidas por tons mais vividos. Para além do seu pequeno espaço virtual, começou a trabalhar noutros processos criativos, o aparecimento de “Soltei os gatos” veio nesta sequência. Tanto tempo presa e confinada entre espaços, regras e limitações, criou essa obra como uma forma de sair fora da caixa, de variadas interpretações, a obra iria-lhe abrir rumo a uma nova fase que tanto tempo se encontrou condicionada.

Era tempo de se expressar, libertar todos os sentimentos e se manifestar. As cores eram vivas, a movimentação na tela era uma interação, aquilo que ela estava a sentir, de janelas abertas para o mundo, podia se deslocar de lugar para lugar. Conversar, interagir, aprender, navegar…

Ela (parte I)

Pequenos contos de ficção a ter continuação, baseado na sociedade atual do nosso século.

Facebook.jpg
Instagram
Flickr.jpg

9 thoughts on “Ela (parte II)

    1. A Dulce disse tudo, exactamente. Vou espreitando, compondo e idealizando, onde a memória me falhar tentarei preencher esse lugar com ficção, como os gatos que andaram à solta. 😘😉❤

Comments are closed.