Ela (parte III)

Ela, tinha dificuldades em desvendar e, por vezes interpretar as novas sensações e emoções que vivia então, pintava e escrevia para aprender a lidar com a solidão. Solidão saudável, faltava saber preencher e desvendar os espaços vazios. Que quereriam eles dizer?

Pensava, escrevia, partilhava e ouvia, de novo questionava se se sentia só, ou só, era uma ilusão.

Preenchia e percorria seus dias no universo artístico, lia, criava e, ainda chegou a procurar novos interesses – tinha uma fascinação e interesse avido por entendimento e conhecimento – nunca desistiu de procurar entender o que se passava dentro do seu ser.

Sua expressão sempre teve dentro dela, agora, coube a outro alguém ajudar a desvendar.

Ela (parte I)

Ela (parte II)

3 thoughts on “Ela (parte III)

Comments are closed.