Em memória.

Pelo tempo que me cá encontrar

vou-te recordar

como ciclo da celebração

de teus ensinamentos

partilha de momentos.

Eu tenho a sorte

de te ter conhecido

e partilhado os teus momentos

de melhor reflexão.

Minha lenda faz um ano,

que a saudade e tua falta me marca o coração.

E neste mesmo dia,

em que outra pessoa

que me traz alegria

celebra mais um ano.

A ironia da vida,

como a mesma data

pode marcar o nascer e o fim

é o ciclo

pelo ser

a aprender

todos os dias a viver,

a aprender

a ser.

A ambas as memórias.

Fotografia Laura Fuhrman no Unsplash

3 thoughts on “Em memória.

Comments are closed.