Pelo Inverno, a cores.

Já descrevi o meu sentimento de passar pelo inverno em palavras, mas as minhas palavras só se completam com as minhas outras obras, neste caso a pintura. Não sei viver de outra forma, elas coabitam dentro de mim. Talvez as palavras me tragam à razão e a pintura me leve á emoção. Quando estamos a viver dentro da nossa obra são inúmeros os pensamentos que nos passam pela cabeça, provavelmente a forma ordeira de lhes dar sentido será traduzir em palavras.

Mas será que essas palavras, mesmo assim, conseguem expressar? Muitas vezes sinto que não. Então pinto e crio e desenho e pinto novamente. Provavelmente as minhas obras traduzem-se na verdadeira confusão, que é o tentar dar sentido à emoção, ou será o contrário?

Bem, todas estas voltas para apenas dizer, esta foi a minha ultima obra em pintura. A partir de agora deixei de lhe chamar Mandalas, podem ser, podem não ser, não quero lhes colocar uma etiqueta. Nesta ultima experiencia resolvi fugir das telas e experimentar outros suportes. Tive que esperar que os dias de sol voltassem para conseguir a coloração.

Foi uma obra curiosa onde as cores em ambiente de chuva e cinzentos são mais pesadas mas se a vir em ambientes claros e de sol, torna-se mais luminosa.

Pelo Inverno, acrílico sobre madeira, é uma peça redonda com 32 cm de diâmetro, Janeiro e Fevereiro de 2021. Desenhada e feita à mão.

Instagram

No instagram @irina_marques

28 thoughts on “Pelo Inverno, a cores.

  1. Está muito bonita, sóbria e tranquila. Diria mesmo que a Irina conseguiu lidar e sublimar muito bem com a instabilidade meteorológica dos últimos tempos!
    Bj e bons trabalhos!

    1. Tentei Dulce. Seguindo rumo aos raios de sol, quando eles nos quiserem visitar. Agradeço-lhe muito, muito mesmo. As suas palavras ajudaram a me guiar nestes últimos tempos, só tenho a agradecer.
      Beijinhos e obrigada.

  2. Podia, muito bem, ser uma alegoria pictórica ao Planeta Azul, como o idealizamos: belo, harmonioso, colorido, sensível, com zonas de sombra a matizar a luz magnífica que lhe dá brilho.
    Muito obrigado Irina, por nos presentear com a sua criatividade.
    Parabéns!
    Abraço

    1. É tudo aquilo que o observador sentir. Nunca poderei dizer ou relatar o certo ou errado do que uma pintura pode provocar. Pode ser alegoria, pode ser metáfora, pode ser tudo ou nada. Deixo o restante ao observador, e ao que ele quer ver.
      Eu é que lhe agradeço muito, por estar presente e por relatar o seu sentir, é bom saber que lhe trás essas alegorias. Gosto que as minhas obras, de certa forma, façam pensar.
      Um abraço muito forte.

  3. Nós expressamos nossa emoção com a arte ou ao contrario ?? isso me pensar sobre. Irina voce trabalha muito bem com as cores. bjão querida!!!!!!

Comments are closed.