Sentaste e pensas “que vou eu dizer?” perante tanta coisa e tantos pensamentos que te passam pela cabeça à velocidade da luz. Não te ocorre, não permite, aprofundamento encontraste num aprisionamento de falta de vocabulário. Ocorrem inúmeras situações, a tua cabeça distingue o que é real do imaginário, o que é grave e o que … Continue reading