Opus (in portuguese)

Today I brought a small poem of my own written in Portuguese. Composição: Do alto das tuas inabaláveis torres de marfim, observas a objetividade tão subjectiva, quanto a tua realidade construída, em universos existentes mas não presentes, na certeza do concreto, discreto, esse teu olhar de fantasia ou romance, não tem qualquer suspense nesta história, … Continue reading Opus (in portuguese)