Medusa – Ovídeo e a Roma Antiga

Hoje entraremos em duas teorias distintas. E precisamos de ter alguns conceitos em mente. Conforme referi no post anterior, hoje entraremos num lado mais “escuro” de Medusa, e já vamos entender o porquê.  Na leitura da Teogonia de Hesíodo, poeta grego, século V a.C., refere que o que vou relatar, se tratou de algo consensual: … Continue reading Medusa – Ovídeo e a Roma Antiga

Medusa – Das origens aos gregos

Para uns uma mulher, vilã, vítima, monstro e ainda protectora. A questão é que todas estas abordagens estão certas, mediante o que quiserem ver nesta figura que adquiriu inúmeras conotações, pensa-se que já desde o século XVII a.C.   Sim, século XVII a.C., já nos apareciam atributos aos quais podemos fazer associação a esta personagem. Apenas … Continue reading Medusa – Das origens aos gregos

Medusa – monstro, mulher, protetora ou vítima?

Há imenso tempo que estou para escrever sobre esta personagem da mitologia que habita o nosso imaginário. Quem nunca ouviu falar de Medusa? Provavelmente das personagens mais conhecidas que chegam ainda hoje até nós. Mas que sabemos sobre Medusa? Que ideia temos desta imagem de mulher com cabelos em serpente que petrificava com seu olhar. … Continue reading Medusa – monstro, mulher, protetora ou vítima?

O caso de Pablo Picasso e sua “fase azul”

É assim, quando aprofundamos determinados temas, conseguimos ver a beleza mesmo na escuridão. Não é fácil, nunca foi fácil e todas as épocas conseguimos, de certa forma, apurar o nosso olhar. Todos os artistas passam por períodos conturbados, quem não conhece a "fase azul" de Picasso? Algo que ainda hoje em dia os estudiosos se … Continue reading O caso de Pablo Picasso e sua “fase azul”

Dias e dias… incertezas… sempre!

Nestes dias o tempo tem-se apresentado escuro lá fora e a chuva não tem dado tréguas. Cá dentro, aconchegada nas mantas e com o aquecedor ligado, para combater o exterior ponho-me a pensar em alguns tópicos. Sem café, organizar uma cabeça já por si só não muito organizada tem sido incrivelmente difícil. Por trás da … Continue reading Dias e dias… incertezas… sempre!

Kapadokya, pelo balão – Fotografias

Quando não nos é possível sair de casa e viver, recordamos, imaginamos e agarramo-nos a estes momentos para todos os dias seguir em frente e viver. E onde superei, por momentos, o medo de alturas. Seguimos, pela imaginação... Uma das maiores limitações é as cores - o nascer do sol sobre aquele ambiente é impossível … Continue reading Kapadokya, pelo balão – Fotografias